domingo, 21 de janeiro de 2018

DIÁRIO OFICIAL


DESATIVAÇÃO DO COLEGIO ESTADUAL ANTÔNIO OLAVO GALVÃO-2018


   Apesar dos comentários na cidade com relação ao fechamento do Colégio Estadual Antônio Olavo Galvão, apenas no dia 13 de março de 2017 a direção da Unidade foi chamada ao NTE 21 e comunicada pela Diretora do mesmo sobre a possível desativação e remanejamento de rede do colégio, devido à baixa demanda de alunos. Depois do comunicado, a informação foi repassada aos professores e alunos, começando, assim, uma grande mobilização de toda a comunidade escolar para provar que a fala de desativação por “falta de demanda” não era plausível, uma vez que o colégio contava com 856 alunos matriculados ( comprovados no SGE ), além de um prédio com uma boa estrutura física e professores qualificados para trabalhar com o público alvo: jovens e adultos. Vale ressaltar também que é o único colégio da cidade que trabalha há mais de 30 anos, exclusivamente, com esse público. Portanto, a desativação do mesmo traria enormes prejuízos para a região atendida pelo colégio.
   Indignados com a maneira como todo processo estava sendo conduzido, foram realizadas várias manifestações na cidade. Uma delas foi a ida dos alunos no dia 11 de abril de 2017 à Câmara Municipal pedir apoio dos vereadores. Lá, eles receberam uma “Moção de apoio ao Colégio”. Já no dia 12 de abril o colégio recebeu a visita do atual prefeito da cidade, Rogério Andrade, o qual, diante de toda comunidade escolar, garantiu que o colégio continuaria em plena atividade no prédio onde funcionava e que ele mesmo seria o portador dessa notícia ao Secretário da Educação, Sr. Walter Pinheiro, com quem mantivera prévio entendimento. Além disso, um documento foi protocolado no Ministério Público informando sobre o possível fechamento da Unidade Escolar e pedindo ajuda no sentido de buscar mais esclarecimentos da SEC a respeito do problema, dada a dificuldade em obter informações dos órgãos competentes (NTE 21 e SEC).
   Ainda no mesmo mês foi encaminhado, via e-mail, documento ao Diretor de Atendimento da Rede Escolar da SEC, esclarecendo as informações equivocadas repassadas sobre a Unidade. Após essas informações, no dia 26 de abril de 2017 técnicos da SEC foram ao colégio verificar informações cadastrais de estudantes e de infraestrutura. Depois da visita, foi entregue à direção um “relatório da pesquisa in loco do SGE”, no qual nenhuma irregularidade foi registrada. No entanto, no dia 08 de junho de 2017 a direção do colégio foi surpreendida com um e-mail informando sobre um documento cadastrado na Secretaria Particular do Governo, referente à desativação do colégio “em razão do relatório circunstanciado que indicava um conjunto de informações inexatas e imprecisas no funcionamento escolar”; documento este que nunca foi apresentado à direção.
   Indignadas com a situação, no dia 12 de junho a diretora, uma professora do colégio e as coordenadoras da CJA foram à SEC e protocolaram um documento solicitando cópia do referido relatório, uma vez que todos têm direito ao contraditório. Depois, participaram de uma reunião com a Diretoria de Planejamento e Atendimento da Rede Escolar e, com surpresa e indignação, ouviram a leitura do “relatório circunstanciado” que deu o parecer favorável à desativação da Unidade Escolar. A indignação foi ainda maior porque o relatório lido era completamente diferente do relatório entregue à direção pelos técnicos da SEC, além de conter informações mentirosas e caluniosas. Depois dessa reunião foi feito um documento contestando as informações apresentadas oralmente na reunião e encaminhado, via e-mail, no dia 19 de junho de 2017, ao Coordenador dos Núcleos Territoriais de Educação – CONTE, Sr. José Barreto Bittencourt, uma vez que não foi dado à direção o direito de contestação. Isso mostra a forma obscura como o processo vem sendo conduzido. Posteriormente, outra reunião aconteceu na SEC com a presença de professores da Unidade e o coordenador da CONTE, o qual pediu que nos tranquilizássemos, pois, a princípio, o colégio não se enquadrava nos critérios de reestruturação de rede. Na ocasião, mais uma vez, nos foi negado o acesso ao citado relatório.
   Nesse inteire, notícias sobre o fechamento do colégio continuaram a circular na cidade,
inclusive com confirmação verbal de funcionários da SEC e do NTE 21. Preocupado com a situação, o corpo docente, mais de uma vez, solicitou informações a esses órgãos a respeito da questão, com vista a entender os detalhes e apresentar uma defesa, com o objetivo de transparecer o processo, porque o que se espera é a prevalência da lisura, honestidade e compromisso ético com a comunidade escolar. No entanto, até o presente momento, não se obteve os devidos esclarecimentos.
   Toda essa situação de ameaças e incertezas implicou, não sabemos se propositalmente, em prejuízo tanto nas demandas rotineiras da Unidade quanto na evasão e procura por novas matrículas no segundo semestre. Durante o ano letivo, inúmeros alunos do primeiro semestre, com frequência e aprovados, não migraram para o segundo e muitos alunos novatos do segundo semestre ficaram sem serem matriculados no sistema por falta de disponibilidade de vagas no Sistema de Gerenciamento Escolar ( SGE ). Apesar de inúmeras cobranças e envio de todos os documentos pela U.E., o problema só foi resolvido no final do semestre letivo, implicando no aumento da evasão.
   Mais recentemente, no dia 08 de janeiro de 2018, a diretora da Unidade, em contato com a funcionária da CLO, Ana Maria, foi informada que corre na SEC o processo de extinção da Unidade. Diante dessa informação, a direção do colégio entrou em contato com o Sr. José Barreto Bitencourt sobre o processo, sendo informada que a matrícula não estaria aberta para 2018 na Unidade. Em 16-01-18, o funcionário João Paulo, do setor de matrícula, ratificou que não haveria matrícula porque o colégio encontra-se inativo. Entretanto, até o presente momento, o colégio não recebeu nenhum comunicado oficial a esse respeito.

                                                                                                 A Direção.

sábado, 16 de dezembro de 2017

RESULTADO DE BIOLOGIA - ENSINO MÉDIO - DEZEMBRO 2017


SECRETARIA DA EDUCAÇÃO O ESTADO DA BAHIA
COLÉGIO ESTADUAL ANTONIO OLAVO GALVÃO
CPA – COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO
 
DEZEMBRO/2017    ENSINO MÉDIO - BIOLOGIA
 

ORDEM
INSCRIÇÃO
NOME ( EM ORDEM ALFABÉTICA)
NOTA
01
15149
ADILA CASTELUCCI SANTOS QUEIROZ
4,0
02
12257
ALESSANDRO DAMACENA SOUSA  
4,0
03
12547
ALIFSON LIMA DOS SANTOS   
4,0
04
16237
ANA CAROLINA POVOAS SANTOS ROCHA
6,0
05
12888
ANA FLAVIA DA SILVA NASCIMENTO
5,0
06
16276
ANDERSON PAULO SANTOS OLIVEIRA
6,5
07
16729
ANTONIA SANTOS DOS SANTOS
4,0
08
16531
ANTONIO MIGUEL AZEVEDO
6,5
09
16420
CAROLINA QUESIA SANTOS ARAUJO
5,5
10
16343
CLARA ÍRIS DIAS MOURA
5,0
11
16481
CRISTIANE CARDOSO DA SILVA
7,0
12
15831
DEBORA SILVA NASCIMENTO
5,5
13
15997
DAISE ANDRADE SOUZA SANTOS
6,5
14
16024
EDILSON CONCEIÇÃO DE CARVALHO JUNIOR
5,0
15
15501
EDSON RODRIGUES DA SILVA JUNIOR
5,5
16
15753
EMANUELLE SILVA E SILVA
5,0
17
16815
EMILY DA PAIXÃO SANTANA
5,0
18
16138
ERIC KELVIN VILELA DOS SANTOS
4,0
19
15138
FABIANA SANTOS ALMEIDA
4,0
20
16369
FABIO SILVA VAZ MORAES  
5,0
21
14610
FABRICIO DOS SANTOS NASCIMENTO
6,0
22
16098
FABRICIO RODRIGUES DE SOUZA
4,0
23
15992
FERNANDA CARDOSO SOUZA   
6,0
24
15241
FERNANDA DE JESUS SANTOS  
4,0
25
16568
FERNANDA SANTOS VEIGA
6,0
26
10266
FERNANDO SANTANA CARDOSO JUNIOR
5,0
27
13158
FLAVIANE RODRIGUES
4,0
28
5990
FRANCISCO DE ASSIS ALMEIDA DOS SANTOS
2,0
29
16541
GABRIEL DOS SANTOS SOUZA
6,0
30
15851
GABRIEL REIS SILVA
4,0
31
12322
GABRIELLE ANDRADE MOREIRA
5,0
32
15850
GABRIELLE REIS SILVA
5,5
33
16520
GISELE VIEIRA OLIVEIRA
5,0
34
16280
HELDER MENEZES SOUZA
5,0
35
14625
HUGO DOS SANTOS MOTA
5,0
36
13915
IANA CAROLINE DOS ANJOS COSTA
5,0
37
17704
ISLANE DE JESUS ARGOLO
4,0
38
15565
IVANA DE SANTANA ALVES
5,0
39
15728
IZANNA SOUZA DE SOUZA
5,5
40
11446
JÉSSICA NICÁCIO DE OLIVEIRA  
5,0
41
16711
JOHN LUCAS DE JESUS CONCEIÇÃO
5,0
42
16699
JOSEVALDO ALVES DE LIMA 
4,0
43
12724
JOSINEY DOS SANTOS DAMASCENO
4,0
44
11693
JOZIEL PEREIRA BARBOSA
5,5
45
16471
LAIS SILVA DOS SANTOS
5,0
46
16491
LARA OLIVEIRA CAFÉ  
4,0
47
16645
LARISSA DE JESUS CERQUEIRA
5,0
48
15944
LEVI RODRIGUES DOS SANTOS
5,0
49
16122
LUAN CARVALHO DE ALMEIDA 
5,0
50
16628
MARCIA DE JESUS REIS
6,0
51
15988
MARIA VITORIA COUTINHO PEREIRA SANTOS
5,0
52
10965
MATHEUS DIAS BULHÕES
3,5
53
14426
MATHEUS FRANCISCO DOS SANTOS DE SOUZA
5,0
54
14846
MAURICIO FERREIRA DOS SANTOS JUNIOR
6,0
55
16411
MONIQUE RODRIGUES TAMARINDO
6,0
56
15759
NADDI ELLEN CIRQUEIRA DE JESUS
5,0
57
16791
NATALIA DAS NEVES MENEZES
4,0
58
5052
NATALÍCIO NASCIMENTO SANTOS DE BRITO
4,0
59
16556
NATHALIE DA PENHA LIMA
5,5
60
13979
NEVERTON LAZARO DE ANDRADE LIMA
2,0
61
15015
PERIVALDO BARBOSA DE JESUS
4,0
62
14180
PHILIPE FONSECA COSTA
5,0
63
15747
RAFAELA SANTANA SANTOS
5,0
64
16470
REGINALDO CARDOSO DE OLIVEIRA
4,0
65
16349
RICHARD SANTOS ALMEIDA
4,0
66
16405
RODRIGO CESAR ALMEIDA DE OLIVEIRA 
5,0
67
15075
RODRIGO MERCES DOS REIS
3,5
68
15093
ROSÂNGELA MACEDO DOS SANTOS
4,0
69
16489
SHEILA SANTOS DOS SANTOS
4,0
70
16817
SIMONE BRITO DE SOUZA OLIVEIRA
4,0
71
13441
THAIANE FERREIRA CARVALHO
4,0
72
15078
THAILANE BISPO SANTOS
4,0
73
15249
THALES RUAN CARDIM MACHADO
5,0
74
15615
UELDON DA SILVA CRUZ
2,0
75
14840
UESLEI FILIPE DA LUZ SANTANA
5,0
76
13727
VANIA DIAS FERREIRA
5,0
77
15673
VANUBIA NASCIMENTO DA SILVA
5,0
78
16202
VICTOR HENRIQUE SANTOS NASCIMENTO
5,5
79
16690
VICTORIA FONSECA DA SILVA 
4,0
80
16270
VICTORIA ISLEIDE NEIVA BRITO
6,5
81
15968
VINICIUS PEREIRA ARAUJO
5,0